sábado, 18 de maio de 2013

Teclado capacitivo com PIC

Teclado capacitivos é um tipo de teclado onde não existe o contato mecânico e a detecção do estado de ligado e desligado é a variação da capacitância do dedo com a região da tecla. Basicamente a detecção da capacitância é feita através de um oscilador RC, onde com a variação da capacitância varia-se a frequência e com uma pequena lógica de software é detectado o estado da tecla. Existem componentes que já possuem esta solução pronta ou microcontroladores com um periférico dedicado para teclado capacitivo. No site http://www.electronics-base.com possui um tutorial completo com exemplo de teclado capacitivo com o PIC16F707, dividido em duas partes: uma com a parte teórica com a explicação do funcionamento e a segunda parte com a aplicação. Não deixe de conferir este tutorial em http://www.electronics-base.com/index.php/featured-components/62-measurement/155-complete-guide-trough-mtouch-capacitive-sensing-by-using-csm-module-inside-microchip-pic16f707-microcontroller e http://www.electronics-base.com/index.php/projects/complete-projects/154-capacitive-touch-button-readout-using-microchip-mtouch-csm-module-on-pic16f707-example

teclado capacitivo

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Um supercomputador com Raspberry Pi e Lego

Existe um ditado que diz que a união faz a força, e na tecnologia este ditado também é válido. Pois bem, vários pequenos computadores, com poder de processamento "insignificante" trabalhando em paralelo o poder de processamento aumenta. Esta é uma forma de termos um supercomputador, que pode ser usado para qualquer finalidade. Esta linha de raciocínio é válido também para microcontrolador, onde podemos separar as tarefas para aumentar o poder de processamento e facilita o projeto.  Um, projeto um tanto curioso foi feito pela Universidade de Southampton colocou em prova o pequeno notável Raspberry Pi, rodando Debian, em uma montagem de 64 peças em processamento paralelo, resultando em uma máquina equivalente com 1TB de disco e capacidade de processamento equivalente de 11GHz. O case para esta montagem foi feito com peças Lego "gentilmente" cedidas por um garotinho. O custo de montagem final ficou em torno de R$13.000,00 (US$ 6.500,00). Gostou da brincadeira? Não deixe de conferir o projeto em http://www.southampton.ac.uk/~sjc/raspberrypi/


Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Entendendo e usando o circuitos supervisórios (Power on reset, Power-up timer e Brown-out detect)

Um circuito com microcontrolador, como qualquer outro, está sujeito a todos os tipos de ruídos e ondulações no fornecimento de energia. Muitos microcontroladores têm um recurso chamado Power on reset que mantem certos dados com valor inicial após energização. Sem este recurso, o chip pode começar a execução de um programa em um ponto qualquer e ainda pode ter problemas de resets indevidos. O Brown-out detect é semelhante. Ele reinicia o chip se há uma queda no fornecimento de energia (Glich na alimentação do microcontrolador). Ambos os recursos são normalmente combinados em um pino do microcontrolador. O pino é geralmente ligado à fonte de alimentação do circuito através de uma resistência externa. Você pode reconhecer esse recurso em seu microcontrolador favorito: ATmega (RESET), MSP430 (RST), PIC (MCLR), e a outros. Outros recursos como o Power-up timer podem ser encontrados em outros microcontroladores, fornecendo uma temporização antes de iniciar o programa. A Microchip em uma nota de aplicação interessante mostra como os circuitos supervisórios podem te ajudar a resolver problemas de inicialização do microcontrolador. Não deixe de conferir em http://ww1.microchip.com/downloads/en/AppNotes/00686a.pdf




Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Um simples testador de baterias Li-Ion com Arduino

Baterias de íon de lítio são usadas em vários projetos de automação, robôs, modelismo, etc., por ter alta capacidade de armazenamento e por não ter o efeito memória. No site http://www.electronicsblog.net é mostrado um projeto super simples testador de baterias de íon de lítio com Arduino. Baseado na descarga da bateria, a medição é feita de forma simples, com um resistor de potência ligado na bateria e, visualizando os valores de tensão, é possível calcular a carga em Ah. Não deixe de conferir este simples teste em http://www.electronicsblog.net/very-simple-arduino-lithium-ion-battery-capacity-testerdischarge-monitor/#more-461


testador de baterias com Arduino

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!


terça-feira, 14 de maio de 2013

Construa o seu computador de uma instrução (OISC) com Arduino

Computador OISC (One Instruction Set Computer), também chamado de computador URISC (Ultimate Reduced Instruction Computer) é por vezes chamado de computador universal de uma instrução, eliminando assim a necessidade da máquina de decodificação dos opcode. Uma máquina OISC é capaz de ser um computador universal da mesma forma que os computadores tradicionais que têm múltiplas instruções. Máquinas OISC têm sido recomendados como ajuda na arquitetura de computador de ensino e foram utilizados como modelos computacionais na pesquisa de computação estrutural. Jack Eisenmann construiu o Compact DUO, um computador OISC montado em um protoboard (ou breadboard) com alguns componentes discretos, um Arduino e vários fios para inteligação. Em vez de dezenas ou centenas de instruções individuais, o Compact DUO, usa a instrução NOR e desvio condicional. Como projetar um computador OISC não foi sufiente para o Jack, ele chegou a escrever um emulador para o seu sistema , um compilador , um sistema operacional , e até mesmo alguns programas, tais como a calculadora raiz quadrada e um jogo de aventura baseado em texto. Não deixe de conferir este computador de única instrução em http://www.ostracodfiles.com/compactpage/instructions_start.html

Computador de uma instrução com Arduino

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

4 Raspberry Pi + 1 Arduino DUE = UDOO

Este é o maior dos desejos de quem curte e pratica tecnologia: a fusão do melhor de certas tecnologias como a Raspberry Pi e Arduino DUE. Já pensou fazer uma fusão de 4 Raspberry Pi com um Arduino DUE  Existe um projeto chamado UDOO, que é uma placa parecida com um Raspberry Pi, mas com o um poder de processamento de processamento de 4 CPUs da Raspberry Pi com as seguintes características:
  • Freescale i.MX 6 ARM Cortex-A9 CPU Dua/Quad core 1GHz
  • Interface gráfica integrada, cada processador disponibiliza 3 módulos para aceleração 2D, OpenGL® ES2.0 3D e OpenVG™
  • Atmel SAM3X8E ARM Cortex-M3 (mesmo chipset incluído na Arduino Due)
  • 1GB DDR3 de memória RAM
  • 54 Digital I/O + entrada analógica (Compatível Arduino R3 1.0 pinout)
  • HDMI e LVDS + Touch (sinal I2C)
  • Ethernet RJ45 (10/100/1000 MBit)
  • Módulo WiFi
  • Mini USB e Mini USB OTG
  • USB do tipo A (x2) e conector USB (necessita de um cabo adicional)
  • Conector Audio e Microfone analógico
  • SATA (apenas versão Quad-Core)
  • Ligação para a instalação de uma câmara
  • Micro SD (sistema principal de armazenamento e arranque)
  • Alimentação (5-12V) com conector para ligação externa


UDOO Raspberry Pi Arduino

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

domingo, 12 de maio de 2013

Termômetro e medidor de umidade relativa com PIC

Este é um projeto bastante interessante que podemos utilizar em qualquer ambiente para medir a temperatura e a umidade relativa. No site http://embedded-lab.com tem um projeto bastante interessante de um termômetro e medidor de umidade relativa com PIC16F688, cujo valor é mostrado em quatro display de sete segmentos grandes (1 polegada), com ajuste de nível de brilho automático de acordo com a iluminação do ambiente através de um LDR. O sensor utilizado é o DHT11 é usado para medir a temperatura e umidade relativa e o driver para displays de sete segmentos usado é o MAX7219. Não deixe de conferir o projeto em http://embedded-lab.com/blog/?p=6582


Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor