sábado, 13 de julho de 2013

Bootloader mass storage para Stellaris Launchpad

Bootloader realmente facilita a nossa vida na hora de gravar o firmware da nossa aplicação na placa, sem a necessidade de um hardware dedicado. Existem diversos tipos de bootloader usando vários tipos de barramentos, como serial, SPI, I2C, CAN, etc. Agora, já pensou um bootloader USB device, onde ao espetar no host é reconhecido como uma pendrive e ao arrastar e soltar na unidade criada, está gravado! Simples assim! Alguns microcontroladores NXP ARM Cortex M0 possuem esta facilidade já gravada de fábrica, mas nada impede de desenvolver um para microcontroladores com USB nativo ou interfaceada com outro componente. No blog emerythacks.blogspot.com é mostrada a implementação de um bootloader USB usando a classe mass storage em um kit Stellaris Launchpad. Gostou? Então não deixe de conferir em http://emerythacks.blogspot.com/2012/12/usb-mass-storage-bootloader-for.html e os arquinos em https://github.com/Emeryth/Stellaris-mass-storage-bootloader -M

Mass storage com Stellaris

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Faça o seu computador com Motorola 68000

Introduzido em 1979, a CPU Motorola 68000 foi usado pela primeira vez em estações de trabalho muito caros e muito high-end da Sun e SGI. Como o processador amadureceu, tornou-se conhecido pela sua utilização no Macintosh, dos primeiros Amiga, e até mesmo a calculadora gráfica TI-89 e alguns consoles de videogame como o Sega Genesis (Mega Drive) e Atari Jaguar. No site http://s100computers.com é apresentado um computador baseado na CPU 68000 construído em torno do barramento S-100. Tal como o primeiro computador a usar o barramento S-100, o Altair 8800. Claro que este computador não é tão rápido quanto uma Raspberry Pi, mas se você tiver um CPU Motorola 68000, não deixe de conferir este projeto em http://s100computers.com/My%20System%20Pages/68000%20Board/68K%20CPU%20Board.htm

Motorola 68000

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Barramento DMX512 com Arduino

O barramento DMX512, ou simplesmente DMX, é um barramento utilizado em controlar iluminação de palco e efeitos. É um barramento que utiliza o RS-485 como meio físico, mas não prevê correção de dados, ou seja, não é indicado para aplicações perigosas. Um projeto interessante feito especificamente para o Natal foi feito pelo pessoal do http://www.open-electronics.org, um projeto de iluminação inteligente, com o desenvolvimento de uma placa shield DMX Arduino para esta função. Esta shield foi projetada com flexibilidade e permite que o usuário escolha entre vários pinos do Arduino para entrada e saída digital de dados DMX, possui um slot microSD e também tem conexão serial um display LCD serial. Não deixe de conferir este projeto em http://www.open-electronics.org/arduino-dmx-shield-for-christmas-projects/

DMX512
Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Raspberry Pi + Arduino + SPI

Quem disse que não dá para interligar o Arduino na Raspberry Pi? A interface destas plataformas de desenvolvimento tem algumas vantagens como o aumento de número de I/Os, dividir o processamento das tarefas, controle de dispositivos, entre outros. No site http://mitchtech.net é mostrado uma forma interessante de interfacear uma Raspberry Pi no Arduino via barramento SPI, sendo que é apresentado o código das duas placas para interface, podendo ser facilmente modificado para interfacear outras placa ou microcontroladores. Não deixe de conferir esta dica em http://mitchtech.net/raspberry-pi-arduino-spi/

Arduino e Raspberry Pi

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

terça-feira, 9 de julho de 2013

Dual Ponte H para robótica

Você que está estudando microcontroladores ou Linux embarcado, muitas vezes nos deparamos com a falta de certos componentes no mercado para desenvolver os projetos, ou mesmo o preço que não é muito convidativo. Um deles é o L293, que é uma Ponte H dupla para ser usado em motores de passo ou motores de corrente contínua. Uma solução caseira é a montagem da Ponte H usando transistores de potência. No site http://www.pocketmagic.net temos um projeto interessante de uma placa com duas Ponte H, ideal para ser usado em robótica. Não deixe de conferir este projeto em http://www.pocketmagic.net/2013/03/dual-h-bridge-for-controlling-two-motors/#.UdQCTvm1EZm

Ponte H para robótica

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Gerador de clock DS1077 + Arduino

Um componente bastante interessante que devemos usar em nosso laboratório caseiro é o DS1077, que é um gerador de clock programável, com versões de 8,1 kHz até 66,666 MHz, e 16,2 kHz até 133,333 MHz, podendo ser utilizado em diversos projetos, testes e outras aplicações. O problema deste CI é que a programação deve ser feito via barramento I2C através de algum microcontrolador ou com uma placa de desenvolvimento. No blog wardyprojects.blogspot.com tem um projeto interessante de interfaceamento do DS1077 com o Arduino, facilitando assim a avaliação do componente e uma possível montagem de um instrumento de laboratório. Não deixe de conferir esta aplicação em http://wardyprojects.blogspot.com/2013/03/ds1077-arduino.html

DS1077 e Arduino

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!

domingo, 7 de julho de 2013

Ponta de prova caseira de osciloscópio para sinais de alta velocidade

Em qualquer medição somos escravos dos sensores, não importa o sistema usado, seja em instrumentação, seja naquele simples projeto com microcontrolador. Mas nem sempre o melhor sensor é aquele que irá dar o melhor resultado. Paulo Oliveira estava experimentando captura sinais de alta velocidade com seu osciloscópio.Você pode pensar que uma ponta de prova de 500 MHz é adequado para investigar um sinal de clock de 125 MHz, mas ele demonstra que sem sempre. Ele escreveu um artigo detalhado sobre a construção de uma ponta de prova de osciloscópio de alta velocidade, demonstrando como uma ponta de prova passiva caseira simples e acessível pode superar até mesmo as melhores pontas de prova passivas x10 para esta aplicação em particular. Não deixe de conferir esta dica de instrumentação em http://paulorenato.com/joomla/index.php?option=com_content&view=article&id=93&Itemid=2

ponta de prova

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor!