sábado, 19 de julho de 2014

Áudio por linha de comando na Raspberry Pi

A Raspberry Pi é uma plataforma que permite fazer diversas coisas interessantes muito alem da nossa imaginação.
Entre vários testes que estou fazendo com a minha 
Raspberry Pi, a reprodução de áudio é uma delas, tanto arquivos no formato WAV e MP3. Usando o Raspbian é possível a reprodução destes arquivos, na saída analógica, usando linha de comando, sem a necessidade de usar as distribuições com o XBMC ou o OpenElec.
Matt escreveu para o site http://www.raspberrypi-spy.co.uk/ um procedimento fácil de como configurar e usar a reprodução de áudio por linha de comando usando o Aplay para arquivos WAV, MPG321 ou o Omxplayer para arquivos MP3.
Não deixe de conferir esta dica em http://www.raspberrypi-spy.co.uk/2013/06/raspberry-pi-command-line-audio/


Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Open Programmer: programador de PIC, AVR, EEPROM, Flash e outros

O sonho de qualquer hobbista ou para quem trabalha em laboratório é ter uma ferramenta de programação que programe diversos dispositivos como microcontroladores, memórias e outros. Dependendo do programador universal o valor é bem salgado.
Felizmente existem projetos open source que você poderá montar e inclusive colaborar, melhorando um firmware, testando, criando novas IDEs, etc., e assim ter uma ferramenta mais completa e de fácil montagem e acessível.
Uma dessas ótimas ferramentas é o Open Programmer, um programador de microcontroladores PIC, AVR diversas EEPROMs seriais (I2C, SPI, UNIO, etc), memórias Flash e outros dispositivos. Desenvolvido pelo Alberto Maccioni, esta ferramenta desenvolvida em torno do microcontrolador PIC18F2550, possui uma IDE com versões Windows e Linux.
Não deixe de conferir este programador em http://openprog.altervista.org/OP_eng.html


Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Como transformar uma Raspberry Pi em um Wireless Access Point

Uma aplicação interessante e que você poderá fazer com a sua Raspberry Pi é transformar ela em um Access Point, que pode ser muito útil para amplificar o sinal de sua rede wireless, ou ainda para servir de bridge para um dispositivo sem conexão de rede wireless, como aquele seu projeto com Arduino que usa Ethernet para conectar a rede.
O Mario Saleiro do site The Bit Bang Theory mostra um passo a passo onde ele mostra a configuração da Raspberry Pi em um Access Point usando um adaptador wireless em um processo aparentemente complicado, mas segundo o autor pode-se ser feito em 10 minutos.
Não deixe de conferir esta dica em http://www.thebitbangtheory.com/2012/12/como-transformar-raspberry-pi-wireless-access-point/


Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Carga eletrônica de corrente constante

Uma carga de corrente constante é o tipo de equipamento que você deve montar para você testar as suas fontes de alimentação antes de usá-las em seus embarcados, como a Raspberry Pi e outras placas que requer uma certa corrente.
Claro que podemos testar as fontes de diversas formas, como colocar resistores e medindo a corrente, montar um reostato eletrônico com transistores de potência como o 2N3055, etc.
O projeto proposto pelo Juan é usa materiais reciclados e um amplificador operacional duplo. Basicamente compara-se a tensão de um resistor shunt com uma referência ajustado via potenciômetro, ligando e desligando um MOSFET de potência.
Não deixe de conferir este projeto em http://ssihla.wordpress.com/2014/05/17/electronic-load/.

Carga de corrente constante

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

terça-feira, 15 de julho de 2014

Adicionando módulo WiFi em sua Raspberry Pi

A instalação de um módulo WiFi em sua Raspberry Pi por muitas vezes não é uma tarefa tão complicada, já que a maioria das vezes a instalação é simples e não requer instalação de drivers, etc. Para quem vai instalar o Raspbian, já possui drivers dos adaptadores WiFi baseados nos chips da Realtek, mas nenhum firmware, dificultando a instalação.
Se você possui um destes adaptadores você poderá usar eles usando um tutorial feito pelo Mike, ensinando como configurar a maioria dos adaptadores baseados no chip da Realtek, alguns que você pode comprar no DX.
Não deixe de conferir esta dica em http://mitchtech.net/realtek-wireless-dongle-rt3070-on-the-raspberry-pi/

Raspberry Pi

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Fonte de bancada com LM317 e AVR


Existem diversos projetos de fontes de alimentação com meia dúzia de componentes, mais o regulador de tensão LM317.
Um problema destas fontes feitas com este regulador, e equivalentes como o LM350,  é que tensão mínima ajustada é de aproximadamente 1,2V. Uma consulta rápida no datasheet podemos ver que é possível corrigir este problema aplicando-se uma tensão de referência negativa de -1,2V.
O Ulrich Radig publicou em seu site um projeto interessante de uma fonte de alimentação baseado no LM317, compensação da tensão inicial com um LM337, um regulador de tensão parecido com o LM317, mas para tensões negativas. De quebra um voltímetro e amperímetro com um microcontrolador AVR.
Não deixe de conferir este projeto em http://www.ulrichradig.de/home/index.php/projekte/Power-Supply-PS1

Fonte com LM317 e AVR

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor

domingo, 13 de julho de 2014

Boot pela pendrive na Raspberry Pi

Uma das coisas devemos notar quando se usa a Raspberry Pi e a questão da velocidade na qual os dados são processados. Está diretamente ligado a velocidade de processamento (que podemos modificar por meio de overclock), e no tempo de acesso aos dados que estão na mídia usada pelo sistema operacional.
Na maioria dos casos, quando usamos SD Card classe 10 podemos ter algum ganhos de velocidade, mas não muito. Para resolver este problema podemos colocar o sistema operacional em uma pendrive. Mesmo aquelas pendrives de brinde que ganhamos e fica encostado, fica mais rápido do que usar um SD Card.
Realizei alguns testes e realmente funciona!
O Nuno Pereira do blog Cria o teu Avatar! escreveu um procedimento relativamente simples onde você poderá colocar o sistema operacional Raspbian, distribuição oficial ou não, em uma pendrive.
Somente uma observação: mesmo colocando o sistema operacional na pendrive é necessário o SD Card, pois toda a informação do arranque do sistema operacional é feito primeiramente pelo SD Card!
Não deixe de conferir esta dica em http://cria-o-teu-avatar.blogspot.com/2013/07/raspberry-pi-mais-rapido-usando-um.html

Conector USB

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, ou ainda deixe uma sugestão ou crítica para deixar o Portal MCU cada vez melhor